sábado, 29 de janeiro de 2011

Ah,deu (Adeus)

Faz cinco anos que nada aconteceu

Eu deixei de ser sua,
você, de ser meu

Nunca mais nos vimos
ou nos falamos,
onde antes havia luz,
depois virou breu...

E não é culpa minha,
nem é problema seu.

Um comentário:

Tiago disse...

eu não sou suspeito pra dizer,
pelo contrário, sou rigoroso com tudo que você escreve, mas você sempre me vence:
3 a 1 para você.