sexta-feira, 2 de maio de 2008

Blefe

Eu tento disfarçar
pra expurgar minha culpa,
mas a verdade,
verdade verdadeira,
é a seguinte:

Eu sou uma chata.

Uma chata cheia de manias
Irritante
Adoro desculpas do existir,
coleciono palavras,
mimetizo escritos,
sinto em melodias,
e gosto de lilás.

Aliás, é a minha cor

Todo mundo tem uma cor
(ou pelo menos deveria),
aquela da qual sentimos ciúmes
e que só se empresta a quem se ama

A minha é essa, lilás

É...
Sou mesmo uma chata,
não nego.

Mas
se você quiser
eu lhe empresto agora
todo o meu lilás,
sem nem pestanejar.
todinho.

Aceita?


------------------------------------------------------


Esse texto foi livremente inspirado em versos de uma poesia da Fernanda Youg, que estou com preguiça de transcrever (e não tem nome e nem número de página pra que eu possa citar). Daí, catei no google e o encontrei postado em um blog, o link é esse, pra quem quiser ver: Fernanda Young nas Teclas de um Computador. O blog, não sei de quem é, mas pareceu bom, apesar de largado desde 2009...
Dentro em breve vou publicar outro post cheio de versos da Young. É que acabei de ler o livro de poemas dela e estou impregnada pelas idéias (nesses casos o contágio é uma coisa boa). Pena que não posso me entregar ao teclado agora. Não agora. Mas daqui a pouco as palavras não me escapam, nem que elas tentem! Vou caçá-las, com unhas e dentes, sem possibilidade de escapatória! Mas daqui a pouco.... agora tenho que ir.
Beijos a tod@s que ainda têm coragem de passar por aqui!

4 comentários:

Cacau disse...

Nunca li nenhum poema da Young, mas tenho curiosidade (vou lá no link q vc deixou) pois já li um romance dela e gostei muito. Chama-se Aritmética.

Bjs.

Adrielly Soares disse...

Eu sempre tenho coragem e vontade o que é melhor.
Eu adorei o poema e sim eu quero porque adoro lilás. :)
Adoro indicações.
Beijo linda.

Luiz disse...

Chata? Que nada!!! Chato é ser legal o tempo todo.
beijos

Mell disse...

Lu e seu lilás...
Até poema gerou... é muito amor mesmo...rsrsrsrs
Saudade da minha chata!
Bjs